logo

Contactos

Rua Gil Vicente, nº270 4760-340 V.N. de Famalicão Braga - PORTUGAL

Siga-nos

Category: Sem categoria

Como funcionam as torneiras a sensores?

Muito possivelmente, já parou para pensar como funcionam as torneiras a sensores e porque razão muitos estabelecimentos comerciais estão a adotar por esta opção e não por torneiras convencionais.

Torneira com sensores vs torneira convencional

Apesar de parecer haver muitas diferenças entre este tipo de torneiras, a verdade é que também existem muitas semelhanças. 

As torneiras com sensores utilizam as mesmas peças que uma torneira convencional, ou seja, consegue encontrar várias variedades de cores, estilos e materiais. Tal como uma torneira convencional, as torneiras de sensores incluem um tubo incorporado conectado a uma rede de água. 

Além disso, possuem igualmente um circuito elétrico que permite o funcionamento do equipamento.

Mas afinal o que as diferenciam?

.


Torneiras

Componente Eletrônica

Para que a torneira com sensores funcione, esta precisa de uma  eletroválvula que controla a saída da água. Quando o pistão está parado, este automaticamente bloqueia o percurso da água quando a carga é aplicada, a válvula solenóide engata de novo no pistão fazendo com que a água flua.

Como funciona o sensor?

As torneiras com sensores utilizam tecnologia recente e por isso, são mais eficientes, contudo, o funcionamento do sensor é simples. A válvula solenóide é conectada a um sensor eletrônico, o qual envia um sinal de forma a aplicar uma mudança que engata o solenóide. 

No caso das torneiras do AquaT3 o sensor funciona a infravermelhos, ou seja, lê a presença das mãos, quando existe uma proximidade. Quando existe a remoção dos obstáculos, neste caso as mãos, o sensor faz com haja um registo para desengatar o solenóide, permitindo assim que o pistão bloqueie novamente o fluxo da água.  


Torneiras

Como funciona a fonte de energia?

A fonte de energia permite que o sensor da torneira seja ligado e que engate o solenóide durante a utilização da torneira. 

 Apesar de existirem duas formas de obter a energia, as torneiras com sensores do AquaT3 utilizam um transformador, o qual utiliza a energia do espaço onde está instalada. 

É neste pormenor que as torneiras com sensores se tornam mais eficientes do que as torneiras convencionais. O solenóide não utiliza energia quando não está engatado, e por isso, faz com se poupe mais com torneiras de sensores. Quando há pouca carga para acionar o solenóide o pistão continuará na posição fechada, evitando o risco de desperdício de água. Por exemplo, se houver uma falha de eletricidade não precisa de se preocupar com o desperdício de água, pois a torneira manter-se-á fechada, mesmo estando desligada à corrente.

As torneiras com sensores são um equipamento de fácil funcionamento, são mais eficientes que as restantes e permitem que a sua utilização seja mais cômoda.  

Já conhece as torneiras com sensores do Aqua T3?


Torneiras